segunda-feira, 3 de setembro de 2012

A razão da minha ausência

Hoje, 3 de setembro, festejaria o 4º aniversário de namoro, se namorasse com ele, o que não é o caso. Não sei onde tenho ido buscar força para sorrir todos os dias, para falar todos os dias com ele, desejar-lhe bom dia e boa noite sempre e hoje não foi diferente. 
Tenho pensado muito na minha vida e isso faz com que não queira passar por cá para escrever ou ler, acho que estou a precisar de voltar a estudar o mais rapidamente possível, sentir-me pressionada pelos trabalhos e obrigada a ter a cabeça noutro lugar que não no coração. Preciso de o esquecer, seguir em frente e saber ser feliz sem ele, mas hoje isso não é possível e deixar de pensar nele é tarefa complicada.
E vim para aqui escrever estas coisas soltas, espero que esta frustração de hoje, em especial, passe rapidamente, porque eu gosto de sorrir, mesmo que tenha alguma tristeza escondida em cada sorriso.

4 comentários:

  1. Imagino que não seja fácil... mas agora com o começo das aulas, vais ver que vais ficar melhor ;)*

    ResponderEliminar
  2. Gostava de dizer tantas coisas mas não o vou fazer.
    O coração tem destas coisas e só nós devemos escolher o caminho.
    Só lhe digo uma coisa, comigo já resultou, olhe à sua volta e vai reparar que há muita vida para viver.
    Um beijo grande e muita amizade.

    ResponderEliminar